O Banquete | The banquet

EXPERIÊNCIAS GASTRONÓMICAS POR CHEFS CONSAGRADOS

Conseguimos ir além na nossa perceção de sabor e descobrir o umami de um produto?

Será a criação de um prato de autor uma das mais criativas manifestações artísticas?

O Festival de Gastronomia de Santarém desafia-o a ir mais além, em autênticos banquetes preparados por alguns dos mais conceituados chefes de cozinha de Portugal



VASCO COELHO & INGA MARTIN

19 de Novembro

CHEF VASCO COELHO

Quando faltava apenas um ano para se licenciar em Gestão, percebeu que a paixão pela culinária era mais forte do que o gosto pelos números. Rumou a Lisboa para integrar o Atelier de Cozinha Michel e passou pelo Restaurante Olivier e Tavares Rico. Em 2010, parte para Espanha para integrar a equipa de alguns dos melhores restaurantes do mundo: Mugaritz, Arzak e El Bulli. No regresso ao Porto, passou pelo Pedro Lemos e, antes de iniciar o projeto de Private Cooking, viaja por vários países da Europa e da Ásia e trabalha no Viajante e 2am: Dessert Bar.

Em 2016, abre, no Porto, o Euskalduna Studio: o seu primeiro espaço de cozinha contemporânea de autor, somando diversas distinções nacionais e internacionais.

Em junho de 2018, abre também na cidade do Porto, o Semea by Euskalduna.

CHEF INGA MARTIN

Inga Martinn adora cozinhar desde que se lembra. As suas primeiras receitas foram bolos e pequenos almoços para os seus pais quando tinha apenas 5 anos. Guarda na memória as suas receitas preferidas da infância, herança beirã da sua avó materna e da madrinha, ou das receitas africanas da avó paterna, da Guiné Bissau. Talvez daí resulte a sua enorme paixão por comida de tacho.

A sua entrada no mundo profissional da restauração faz-se no serviço de sala, onde teve a oportunidade de ver em primeira mão um serviço de excelência na alta cozinha, no já extinnto restaurante Ermitage, em Vale do Lobo. Foi nessa altura, e graças ao fascínio que sentiu, que percebeu que um dia iria para um curso de cozinha. Anos mais tarde tomou esse decisão, a melhor que considera ter tomado em toda a sua vida profissional e ingressou, de corpo e alma, na Escola de Cozinha e Hotelaria de Lisboa, em campo de Ourique.

Estagiou na pastelaria do Hotel Vila Joya, que considera ter sido uma experiência incrível e enriquecedor, e trabalhou em diversos restaurantes no Algarve e em serviços de catering privados.

Mais tarde, já em Lisboa, criou o “Cone à Portuguesa", um conceito inovador de comida grab & go. De Lisboa viajou até Luanda, onde chefiou o Champanheria Chill Out, premiado como o melhor restaurante do ano, em 2015.

Por amor voltou a Portugal, onde continuou o seu trabalho como chef, consultora de diversos restaurantes e food stylist. Recentemente abraçou um grande projeto a Norte, chefiando o Restaurante OM - da Ordem dos Médicos Norte no Porto.

Faça aqui a sua Reserva.